14/11/2017 17h43

Incaper discute parcerias com Funai e MDS para projetos em comunidades tradicionais no ES

Foto: Incaper
Incaper, Funai e MDS discutem parcerias para projetos em comunidades tradicionais

A necessidade de firmar parceiras e fortalecer a articulação institucional para desenvolver projetos de inclusão social e produtiva com foco na segurança alimentar e nutricional de povos indígenas e comunidades tradicionais do Estado do Espírito Santo.  Essa foi a tônica da reunião realizada entre o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

O principal foco da reunião, realizada na última segunda-feira (13), girou em torno da necessidade e da importância do diálogo interinstitucional para atender demandas específicas de públicos diferenciados. “Ao focalizar quem realmente precisa, há chance de promover uma mudança rápida na vida de famílias vulneráveis”, frisou o diretor do Departamento de Fomento à Produção e à Estrutura Produtiva do MDS, Francisco Mello.

Mello também relatou que o Incaper já é um parceiro do MDS em ações com foco em famílias vulneráveis. “Essa reunião reforça a renovação e atualização da parceria e dos planos de trabalho com recursos federais direcionados para as famílias de baixa renda no meio rural, em espacial agricultores familiares, pescadores e comunidades tradicionais”, afirmou. A expectativa para o diretor é que, ao priorizar o foco de atuação, haja maior eficiência na implementação do programa, visando a sua continuidade.

A visita da comitiva formada por técnicos da Funai e do MDS ao Espírito Santo começou pelo Incaper e teve continuidade em Aracruz, nas aldeias indígenas Tupiniquim e Guarani. O objetivo da visita é apresentar o projeto às lideranças indígenas e conhecer famílias inseridas em projetos produtivos. "Esta visita vem reformar a união da Funai, do MDS e do Incaper e potencializar parcerias já existentes, direcionando recursos federais para atendimento de indígenas, quilombolas e pescadores. Vamos ter atendimento mais concreto e direcionado para as necessidades desses grupos”, disse Mauro Rossoni Junior, diretor-técnico do Incaper.

As ações desenvolvidas pelo Incaper em comunidades tradicionais foram mencionadas e elogiadas por Thiago Henrique Fiorott, coordenador regional da Funai/ MG-ES. “A importância do momento é fortalecer a articulação com o Incaper e o MDS para fomentar as atividades produtivas, gerando renda e segurança alimentar e nutricional, em especial para as famílias mais vulneráveis das terras indígenas Tupiniquim e Guarani do Espírito Santo”, falou Thiago.

 

Assessoria de Comunicação do Incaper
 Juliana Esteves - juliana.esteves@incaper.es.gov.br
 Luciana Silvestre – luciana.silvestre@incaper.es.gov.br
Tatiana Caus – tatiana.souza@incaper.es.gov.br
Vanessa Capucho - vanessa.covosque@incaper.es.gov.br
Texto: Luciana Silvestre Girelli
Tel.: (27) 3636-9865 / (27) 3636-9868

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard