Projetos de Pesquisa Área Animal

Pesquisadora: Mércia Regina Pereira de Figueiredo.
Formação:  Zootecnia, dr. Nutrição e Alimentação Animal.
Linhas de pesquisa: Alimentação de ruminantes; uso de subprodutos; conservação de forragens; manejo de pastagens.

1- Título do Projeto: Consumo e desempenho de novilhas leiteiras em pastagem de braquiária brizantha cv. Paiaguás, consorciada ou não com amendoim forrageiro.
Edital: FAPES 06/2015 PPE AGRO.
Situação: em andamento.
Início/fim: 12/2016 a 04/2021.
Resumo: O objetivo dessa pesquisa é avaliar o consumo e o desempenho de novilhas em pastagens de Braquiária brizantha cv. BRS Paiaguás adubada ou não, ou consorciada com amendoim forrageiro cv. Belmonte, avaliando ainda a qualidade do solo, as características produtivas e qualitativas das pastagens bem como fazer uma análise econômica das tecnologias propostas. O trabalho será realizado na Fazenda Experimental do Incaper em Linhares/ES. Os tratamentos avaliados serão: pastagem de capim braquiária brizantha cv. BRS Paiaguás sem adubação, ou adubada com 100Kg de N/ha ou ainda consorciada com amendoim forrageiro cv. Belmonte, num delineamento casualizado com 3 tratamentos e 12 repetições. Espera-se com essa proposta contribuir com os pecuaristas que trabalhem com leite ou corte no estado através da introdução de uma tecnologia de produção animal a pasto que contribua para melhoria de seus sistemas produtivos de forma sustentável, agregando renda, favorecendo o fortalecimento da cadeia da pecuária leiteira, gerando impacto positivo na economia agropecuária do ES.

2- Título do Projeto: Silagem de capim elefante BRS Capiaçu com adição de fubá e casca de café amonizada.
Edital: FAPES Nº 09/2019 - Programa de Iniciação Científica Júnior do Espírito Santo – Pesquisador do Futuro (PICJr 2019).
Situação: em andamento.
Início/fim: 03/2021 a 03/2022.
Resumo: O objetivo dessa pesquisa é despertar o interesse científico e estimular a curiosidade, imaginação e o entendimento do processo de construção do conhecimento de alunos do ensino fundamental através da avaliação da adição de fubá de milho e da casca de café amonizada com ureia na ensilagem do capim elefante BRS Capiaçu, visando contribuir com o desenvolvimento do sistema produtivo leiteiro capixaba. O experimento será conduzido na fazenda experimental de Linhares, nordeste do estado do Espírito Santo. O delineamento experimental será inteiramente casualizado com cinco tratamentos (inclusão de fubá e casca de café amonizada na ensilagem do capim elefante) e 5 repetições. Serão avaliadas as características fermentativas e nutricionais das silagens produzidas. Espera-se com essa proposta contribuir como os pequenos produtores de leite familiares das regiões norte e sul do estado através de uma tecnologia que contribua para melhoria de seus sistemas produtivos de forma sustentável, agregando renda, favorecendo o fortalecimento da cadeia da pecuária leiteira e gerando impacto positivo na economia agropecuária do Estado.

3- Título do Projeto: Avaliação dos impactos socioeconômicos, ambientais e produtivos das tecnologias desenvolvidas pelo Incaper na avicultura caipira do Espirito Santo.
Edital: Portaria nº 002-R/2020 - Banco de Projetos de Pesquisa - SEAG.
Situação: em andamento.
Início/fim: 01/2021 a 12/2022.
Resumo: O objetivo desse projeto é avaliar impactos socioeconômicos, ambientais e produtivos das tecnologias desenvolvidas pelo Incaper na avicultura caipira no ES. Será utilizada a metodologia de pesquisa-ação, que procura unir a pesquisa à ação ou prática. Será realizado um diagnóstico da avicultura caipira no ES, por meio de entrevistas aos avicultores com questionários. A primeira fase das capacitações será realizada com os multiplicadores e facilitadores, técnicos e bolsistas. A segunda fase das capacitações será voltada para os agricultores e consumidores e o conteúdo será delineado a partir das principais demandas diagnosticadas durante o DRP e entrevistas. A partir das entrevistas serão identificadas as principais tecnologias acessadas e os desafios encontrados pelos agricultores. Através de um levantamento bibliográfico espera-se identificar outras tecnologias que contribuam para superar os desafios diagnosticados. Será realizado o acompanhamento dos sistemas agroecológicos de produção de grupos e/ou agricultores que se beneficiam de tecnologias desenvolvidas pelo INCAPER para avaliar seus impactos socioeconômicos, ambientais e produtivos. Essa avaliação será realizada com questionários semestralmente aplicados, fotografias e análises laboratoriais. A UEPA será reestruturada como Unidade Demonstrativa de várias tecnologias desenvolvidas pelo Incaper e parceiros e na condução de pesquisa científica aplicada em avicultura agroecológica. A unidade também fará parte do roteiro de visita e excursões para agricultores, técnicos e estudantes. O projeto contribuirá com um diagnóstico atualizado e detalhado da avicultura caipira no ES. A avaliação das tecnologias agrupadas às políticas públicas desenvolvidas pelo INCAPER e parceiros ainda poderão gerar conhecimentos sobre o direcionamento do recurso público em ciência e políticas públicas e seus impactos no desenvolvimento sustentável do ES.



Extensionista/Pesquisador: Roberto Ramos Sobreira.
Formação: Técnico em Agropecuária, Medicina Veterinária/Mestrado em Ciências Veterinárias.
Linhas de Pesquisa: Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos; Produção Animal; Extensão Rural.

1- Título do Projeto: Avaliação dos impactos socioeconômicos das feiras de touros Pró-Genética como política pública no Espírito Santo.
Edital: Portaria nº 002-R/2020 - Banco de Projetos de Pesquisa - SEAG.
Situação: Em andamento.
Início/Fim: 01/2021 a 12/2022.
Resumo: O agronegócio brasileiro é um dos principais pilares econômicos do país. A pecuária de corte e leiteira representam aproximadamente 12% da participação total no valor bruto da produção agropecuária do Espírito Santo. Um dos principais fatores responsáveis pelo crescimento da pecuária é a melhoria genética do rebanho. As técnicas de seleção de reprodutores têm proporcionado aumento de produtividade e consequentemente maior lucratividade aos pecuaristas. Nesse sentido foi concebido o Programa de Melhoria da Qualidade Genética de Rebanho Bovino (Pró-Genética) pela Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) facilitando o acesso dos pecuaristas a aquisição de animais com genética superior por intermédio de feiras de touros itinerantes. O Estado do Espírito Santo aderiu ao Pró-Genética em 2009, visando principalmente o aumento na produção de carne e leite nas pequenas e médias propriedades rurais, por meio do uso de touros melhoradores. Nesses mais de dez anos de existência das feiras de touros Pró-Genética no ES, foram realizadas 34 feiras, com investimentos pelos pecuaristas em 635 touros.Todavia, as informações existentes nos registros do Incaper e da ABCZ sobre o Pró-Genética no ES, em sua maioria, limitam-se até as datas de realização de cada feira, ou seja, há carência de estudos verificando o impacto das feiras na pecuária capixaba e no tange ao aspecto econômico-social dos produtores que adquiriram esses animais.Serão coletadas informações do público alvo, por meio de amostra representativa da população com uso de questionários. Estes questionários serão aplicados de modo aleatório a 100 produtores rurais que participaram das feiras de touros realizadas no ES até o ano de 2019. Adicionalmente, será aplicado outro questionário a outros 100 produtores rurais que irão participar in loco de novas feiras do Pró-Genética. Estes questionários serão aplicados durante a operacionalização de 8 novas feiras regionais. Após a coleta das informações, serão calculados parâmetros estatísticos com uso da teoria da estatística descritiva aplicada à caracterização dos locais, assim serão calculadas as médias das produtividades das propriedades de cada entrevistado, a variação (com uso dos cálculos de variância, desvios padrão e coeficiente de variação) dos sistemas de produção e ainda as frequências das restrições e controle zootécnico das propriedades. Os resultados irão auxiliar nas tomadas de decisão das assistências técnicas rurais e também na otimização dos recursos humanos e financeiros empregados em cada região caracterizada pelo estudo. De posse dessas informações, será possível a proposição e realização de ajustes e melhorias no Pró-Genética, sob uma ótica crítica e fundamentada, em prol do atendimento das demandas do público capixaba.



Extensionista/Pesquisador: Renan da Silva Fonseca.
Formação: Técnico em Agropecuária, Medicina Veterinária/Esp. em Fisiologia e Reprodução de Bovinos/MSc em Agroecologia.
Linhas de Pesquisa: Produção Animal; Extensão Rural; Pastagem e Forragicultura.

1- Título do Projeto: Avaliação dos impactos socioeconômicos e ambientais gerados a partir das capacitações em bovinocultura ofertadas nas fazendas experimentais do Incaper, como política pública no Espírito Santo.
Edital: Portaria nº 002-R/2020 - Banco de Projetos de Pesquisa - SEAG.
Situação: Em andamento.
Início/Fim: 01/2021 a 12/2022.
Resumo: A pecuária bovina exerce um papel de extrema importância no desenvolvimento econômico e na geração de emprego e renda no Brasil e, no Espírito Santo, está presente na maioria dos municípios capixabas. É considerada a segunda atividade de maior importância econômica no Estado, sendo a vertente leiteira exercida predominante por pequenos produtores familiares. Entretanto, em algumas propriedades, ainda há baixa eficiência, tecnificação e diversificação, em áreas que por vezes possuem pequenas produtividades e pastagens degradadas, o que limita o desenvolvimento da atividade. Como forma de minimizar esse cenário, surgiram as ações do projeto estratégico Fomento da Bovinocultura Sustentável, desenvolvidas pelo Incaper e parceiros, a partir de demandas levantadas no Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba (Pedeag), que tem como principais ações à capacitação de produtores rurais e suas famílias, visando desenvolver a pecuária estadual, com foco na sustentabilidade dos sistemas de produção e na melhoria da qualidade de vida das famílias rurais capixabas. Fazem parte das ações do projeto estratégico Fomento da Bovinocultura Sustentável, capacitações em pecuária bovina ofertadas ao público em duas fazendas experimentais do Instituto, a Fazenda Experimental Bananal do Norte, em Cachoeiro de Itapemirim e a Fazenda Experimental de Linhares, em Linhares. Todavia os resultados deste trabalho em sua maioria, são sob a ótica quantitativa da política pública em curso, fato que carece de maior investigação sobre seus resultados qualitativos e possíveis benefícios a sociedade capixaba. O objetivo com esta pesquisa é analisar os impactos socioeconômicos e ambientais gerados a partir das capacitações em bovinocultura realizadas nas fazendas experimentais do Incaper em Cachoeiro de Itapemirim e Linhares. Busca-se avaliar os impactos das capacitações de produtores rurais realizadas a partir de três frentes de trabalho; cursos em bovinocultura realizados; capacitações nas vitrines de forrageiras; e capacitações em unidades demonstrativas (UD) dos sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF). Para tanto serão utilizadas informações disponíveis nos bancos de dados do Incaper e coletadas novas informações em entrevistas com o público, no decorrer do estudo, por ocasião da realização de dias de campo nas áreas demonstrativas. O impacto socioeconômico e ambiental das capacitações será determinado mediante aplicação de questionários aos produtores rurais selecionados em cada ação. Será utilizada a metodologia do Sistema de Avaliação de Impacto Social de Inovações Tecnológicas Agropecuárias (Ambitec-Social). A partir do conjunto de dados também serão calculados parâmetros estatísticos com uso da teoria estatística descritiva aplicada à caracterização das ações de capacitação e de sua adoção pelo público, assim serão obtidas as médias de cada método e fazenda, a variação (com uso dos cálculos de variância, desvios padrão e coeficiente de variação) para as ações avaliadas e ainda as frequências das restrições. Os resultados do estudo irão auxiliar nas tomadas de decisão sobre a política pública, bem como, na otimização dos recursos humanos e financeiros empregados nas capacitações ofertadas aos agropecuaristas capixabas.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard
Google Analytics - Incaper